Foram as reservas de ouro vendidas em segredo e substituídas por lingotes de tungsténio? Há muita especulação sobre este assunto, tendo em conta que desde os anos 50 não é realizada nenhuma auditoria oficial.

O Deputado Ron Paul, do Texas e actual Presidente da Subcomissão de Política Monetária do Congresso pediu ao Governo para realizar uma auditoria sobre a pureza dos mais de 700.000 lingotes de ouro armazenados em Fort Knox.

Paul, fez o pedido para que representantes do Departamento do Tesouro e da Casa da Moeda dos Estados Unidos deponham em 23 de Junho perante a Subcomissão de Política Monetária sobre a autenticidade do ouro depositado em Fort Knox.

O Departamento do Tesouro afirmou em um relatório, que realizar uma auditoria custaria cerca de 15 milhões de Dólares e levaria cerca de 30 minutos para verificar o conteúdo de cada lingote de ouro, e ainda, que esta tarefa ocuparia 400 pessoas durante seis meses.

A rede de televisão CNBC solicitou recentemente uma visita a Fort Knox para efectuar uma gravação ao ouro, pois a única gravação que existe disponível a partir de Fort Knox, data de 1974. Um funcionário da Casa da Moeda, indicou que não foi autorizada qualquer gravação e não estava ciente de que algum membro do Congresso houvesse visitado as instalações desde então.